agênciamam | Emanuelle Araújo apresenta primeiro álbum solo em show inédito no Teatro J. Safra
16673
post-template-default,single,single-post,postid-16673,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-12.0.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.2,vc_non_responsive

Emanuelle Araújo apresenta primeiro álbum solo em show inédito no Teatro J. Safra

Com arranjos minimalistas inspirados no som dos discos franceses da década de 60, o show “O Problema é a Velocidade” chega a São Paulo no dia 07 de julho, em única apresentação

O Teatro J. Safra recebe, no dia 07 de julho, a estreia paulistana do show O Problema é a Velocidade, primeiro álbum solo da cantora Emanuelle Araújo.

O álbum traduz exatamente o caminho percorrido pela artista baiana que, há 13 anos, vive no Rio de Janeiro. Consequência natural disso, as canções escolhidas para essa estreia foram todas escritas por baianos ou cariocas – e o paulista Arnaldo Antunes é a exceção que confirma essa regra, assinando a letra Se For para Mentir para a melodia de Cezar Mendes, esse sim, baianíssimo.

Seguindo o mesmo rumo, a banda que acompanha a cantora traz nomes fundamentais da nova geração de músicos cariocas, sob a direção de Kassin, grande responsável por conseguir imprimir uma aura nostálgica ao som, similar aos discos franceses dos anos 60. Nada de programações eletrônicas, mas sim o “cheiro de música de antigamente”, explorando apenas os timbres dos instrumentos – sem bateria, com baixos sem muito grave e arranjos de clarinete, flautas e metais.

O público pode esperar um show potentemente brasileiro, com um repertório recheado de belas canções como Flor de Laranjeira, Lua Cheia de Janeiro, Uma Mulher, Na Imensidão e O Problema É a Velocidade, escrita pelos cariocas Alberto Continentino e Domenico Lancelotti. Curiosamente, a frase pescada para o título – e que depois batizaria o álbum inteiro – não existe em nenhum verso da música. Outra curiosidade: Zeca Veloso, baiano de nascença e carioca de criação, escreveu a canção Baby Love. Antes de aparecer com a música, o filho de Caetano esteve no estúdio e assistiu a todas as sessões de gravação. Sua presença, segundo Emanuelle, já fazia parte do álbum sem que ele tocasse nenhum instrumento. Mas, já na beira de terminar as gravações, Zeca, tímido, gravou a canção e enviou à cantora por e-mail. O disco, que teria 11 faixas, ganhou sua inevitável 12ª.

“Esse show é um grande marco para minha carreira. Foi feito com muito carinho e tive toda a liberdade de criar, desde as escolhas das canções para o álbum até as cores do cenário.”, completa Emanuelle.

Ficha técnica
Intérprete: Emanuelle Araújo
Músicos
Guitarra: Pedro Sá
Percussão: Stephane San Juan
Teclados: Danilo Andrade
Contrabaixo: Kassin
Arranjos: Felipe Pinaud

Direção Artística: Guilherme Piva
Direção Musical: Kassin
Cenário: Simone Siss
Iluminação: Renato Machado
Figurino: Cao Albuquerque
Criação de Imagem: Luciano Cian
Operador de Som: Edu Costa
Direção de Produção: Montenegro e Raman
Coordenação Administrativa: Karla Abinader
Produção Executiva: Karina Alaor
Criação do espetáculo e repertório: Emanuelle Araújo

Serviço
Show Emanuelle Araújo – O Problema é a Velocidade
Data: 07 de julho, sexta-feira
Horário: 21h30
Classificação: 14 anos
Duração: 70 minutos

Valores
Plateia Premium: R$ 70,00
Plateia Vip: R$ 60,00
Mezanino: R$ 50,00
Mezanino com visão parcial: R$ 25,00

Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 – Barra Funda – São Paulo – SP
Telefone: (11) 3611-3042
Abertura da Casa: 2 horas antes de cada horário de espetáculo, com serviço de lounge-bar no saguão do Teatro.
Capacidade da casa: 627 lugares
Acessibilidade para deficiente físico
Wi-fi

Estacionamento
Valet Service (Estacionamento próprio do Teatro) – R$ 25,00
Horário de Funcionamento da bilheteria
Quartas e quintas – 14h às 21h
Sextas, Sábados e Domingos – 14h até o horário dos espetáculos
Vendas on-line: www.teatrojsafra.com.br ou http://www.compreingressos.com/teatros/497-Teatro-J+-Safra
Aceita os cartões de crédito: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa e Hipercard.
Não aceita cheques.

Horário de Funcionamento da bilheteria
Quartas e quintas – Das 14 às 21 horas
Sextas, Sábados e Domingos – À partir das 14 horas até o horário dos espetáculos
Vendas on-line: www.teatrojsafra.com.br ou www.compreingressos.com
Aceita os cartões de crédito: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa e Hipercard.
Não aceita cheques.

Sobre o Teatro J. Safra
Inaugurado em julho de 2014, o Teatro J. Safra, referência como casa de espetáculo no país, traz em sua programação uma grande variedade de estilos artísticos, como shows, peças, dança, circo, ópera, teatro infantil, humor, música erudita e recitais. Com curadoria do ator Mauricio Machado e do diretor Eduardo Figueiredo, o teatro prioriza o ineditismo dos espetáculos em São Paulo e traz para a cidade apresentações exclusivas com alta qualidade artística. Para acompanhar a programação, acesse www.teatrojsafra.com.br.

Sobre Emanuelle Araújo
A atriz, cantora e compositora baiana Emanuelle Araújo tornou-se conhecida nacionalmente em 1999 como vocalista da Banda Eva. Após passagem pela Banda, passou a dedicar-se também à interpretação, com passagens importantes em séries e novelas da TV Globo como A Favorita, Cordel Encantado Malhação e a última, em 2016, A Lei do Amor. No cinema, atuou em filmes consagrados como Ó Pai Ó, Fica Comigo Esta Noite e SOS Mulheres ao Mar. Mesmo com uma rotina puxada de gravações, a paixão pela música sempre esteve presente no seu dia a dia. Fundou, em 2006 a banda Moinho, ao lado da percussionista baiana Lan Lan e do violonista carioca Toni Costa e, tempos depois, passou a integrar também a big band carioca Orquestra Imperial.

Assessoria de Imprensa Teatro J. Safra
agênciamam | +55 11 3041-2702
Natália Oliveira | natalia@agenciamam.com